Soul Calibur

MMOARPG chinês para navegador - Um MMOARPG chinês que copia personagens de outros jogos similares, mas que está muito aquém do nível dos originais.

Jogue agora!

Capturas de ecrã [clique para ampliar]

Visão global

O gênero de MMOs chineses para navegador têm aquela fama de atrair um tipo bem específico de jogador: há os que odeiam e os que amam, sem meio-termo.
Caso você procure um jogo que praticamente joga a si mesmo, sem necessidade do jogador interagir, você provavelmente gostará do gênero. Já se o que te atrai em um jogo é uma experiência de imersão, não são esses os jogos que procura. Soul Calibur é um ótimo exemplo de MMO chinês para navegador: não inventa a roda nem nada disso. Alguns diriam que até piora.

➔ Pontos Principais:

  • MMOARPG chinês para navegador
  • Usa os personagens da série Soul Calibur
  • Interface horrível, cheia de pop-ups que deixam a tela dífícil de acessar
  • Jogo Pay-to-Win
  • Combate pouco interessante; o jogo joga a si mesmo
  • História praticamente inexistente, diálogos nada inventivos

Revisão completa

Soul Calibur começa com a esperada seleção de personagens, onde você escolhe um dos quatro: Ivy, Sigfried, Tira e Nightmare; todos personagens que fãs da série reconhecerão. Assim que tiver escolhido, começa o jogo.

Dentro de cinco minutos jogando você ficará confuso com a seleção inicial, já que o que nos aguarda na primeira área são os mesmos quatro personagens. Uma opção melhor seria deixar que o jogador criasse seu próprio personagem, uma vez que, como o jogo é, você acabará se deparando com outros iguais a você o tempo todo.

Só estou galopando ao lado da minha irmã gêmea que nunca soube que tinha.

Para aqueles que gostam que seu jogo se jogue sozinho

É notável em jogos chineses de MMO para navegador o elemento de piloto automático. Os jogos do gênero são 95% piloto automático e 5% interação do jogador. Com Soul Calibur não é diferente. Logo que você terminar a seleção de personagem e começar o tutorial, o jogo toma o controle e leva você ao objetivo. Durante a próxima hora acontece a mesma coisa. O jogo conta com rota e batalha automáticas, fazendo com que você apenas precise apertar "Okay" ou "Continuar" às vezes.

Alguns chamariam o jogo de um simulador de andar, mas com ainda menos interação. Em Soul Calibur, o jogador não precisa fazer quase nada; como se trata de um jogo, essa opção dos desenvolvedores parece muito estranha. É difícil jogar algo que não te prende, e tudo no jogo é entediante, do combate ao diálogo.

Falando em diálogo, aqui ele é o mais rudimentar possível. Cada personagem com quem você fala diz uma ou duas frases, vazias. Se há uma história guiando o jogo é difícil dizer, o que é uma falha grave em um RPG, que deveria se basear exatamente nisso.

Muitas vezes os diálogos em RPGs são considerados entendiantes pelo excesso de profundidade. No caso de Soul Calibur, o problema é a falta.

Soul Calibur representa um contraste estranho, em que parece que o jogador não deveria se importar nem um pouco com a história, o que é uma pena, já que, apesar de a grande maioria dos personagens que você encontra no jogo serem da série Soul Calibur, nenhum deles possui a personalidade ou as características que encontramos na franquia principal. Os desenvolvedores dispunham de várias possibilidades, talvez uma prequel, mas acabaram não utilizando o que tinham à mão.

Muitas recompensas para pouco esforço

Em RPGs ou outros jogos, independente do gênero, uma das coisas que mais satisfazem o jogador é progresso. Em vários outros MMOs, quando jogadores alcançam o máximo possível um uma conta, eles criam outra, para conseguir avançar ao topo outra vez. É quase como um rito de passagem. Você começa com sua Espada de Ferro e seu Escudo de Madeira, matando ratos em uma masmorra qualquer. Você se aventura no mundo e recebe pancada dos mais diversos inimigos. Continua treinando e evoluindo, até que, certo dia, se torna mais forte. Devagar, mas com consistência, até chegar a um nível de deus, e todos os monstros agora não são páreo para seu poder. Por isso Soul Calibur deixa muito a desejar.

Andar e falar por dois segundos já lhe confere uma quantidade absurda de experiência e prata.

Mal se passam 5 segundos e você ganha uma quantidade generosa de experiência e prata por fazer praticamente nada. No caso, "praticamente nada" significa que seu personagem dá uns três passos e fala com um NPC. Na verdade, isso é basicamente como a primeira hora de jogo será.

O combate (automático) não é nada melhor. Diferente de outros RPGs onde você se bate no início, em Soul Calibur você começa matando tudo com apenas um ataque, o que não parece certo. Não há progresso, e as recompensas não parecem merecidas.

Uma série de problemas técnicos e falta de suporte

Ser recebido com uma tela dessas não dá uma boa primeira impressão.

Soul Calibur conta com uma boa quantidade de problemas técnicos. De início, assim que carregar o jogo você se deparará com uma tela pixelada e borrada, já que o jogo demora em torno de 20 segundos para carregar as texturas. Há casos de o jogo travar, e às vezes os servidores sequer funcionam. Pode acontecer de os personagens do jogo não carregarem, sendo mostradas apenas as barras de vida.

Nada não, só estou lutando com o ar onde meu inimigo deveria estar.

Qualquer jogo tem problemas, então isso não é tão ruim; o que é ruim, no entanto, é que não há maneira de entrar em contato com os desenvolvedores. Eles não interagem com os jogadores no Facebook e o "suporte" na página do jogo vai para um link com erro. Até mesmo o botão "Fale Conosco" sequer é clicável.

Muito Pay-to-Play, mas imagino que já soubesse disso

Por mais que seja chato ficar batendo na mesma tecla, Soul Calibur atende todos os requisitos do MMO chinês para navegador estereotípico; se você já jogou um deles, jogou esse. E como a maioria dos jogos do gênero, a importância de elementos P2W é muito grande.

Nos primeiros cinco segundos você será bombardeado com pop-ups para comprar dinheiro no jogo. Quanto mais progredir, mais ofertas virão. Ofertas de personagem, de montaria, de itens... É muito irritante, e logo sua tela estará cheia de janelas, enchendo o espaço da interface.

A grande quantidade de pop-ups deixa a interface poluída e difícil de navegar.

Considerações Finais: Um dos piores jogos do gênero

Esse tipo de MMO atende a uma faixa bem específica de jogadores. Para a grande maioria, é melhor escolher outros jogos. Nem mesmo fãs de paixão da série Soul Calibur deveriam experimentar esse jogo.

Soul Calibur é muito entediante. O combate é simples demais, a história não existe e o diálogo não tem um pingo de sofisticação. Nada no jogo atrai quem está jogando, as recompensas parecem mais troféus de participação do que presentes por merecimento. A satisfação de avançar com seu personagem também não se encontra, já o que jogo faz isso por você.

O jogo não é bem-explicado, há vários recursos que ficam a cargo do jogador descobrir por conta própria, não sendo explorados no tutorial. Existem "guias" nos fóruns do jogo, mas cada postagem consiste de poucas frases e não fazem um bom trabalho em explicar os detalhes. Os desenvolvedores não têm presença na comunidade, deixando os jogadores sozinhos para descobrir quase tudo.

Há ainda, é claro, os elementos de P2W, que são difíceis de entender em um jogo desses. A base de jogadores é pequena e o jogo provavelmente não terá uma grande longevidade, desencorajando quem joga a investir um monte de dinheiro. O que esse sistema faz é afastar jogadores, tornando a rede ainda menor.

Se você for alguém que gosta de MMOs chineses para browser, tudo bem. Mas há várias outras opções melhores do que Soul Calibur.

Pronto para entrar no mundo de Soul Calibur? Clique aqui para jogar agora!

Gráficos: arte animada
PvP: PvE PvP
Cash shop: muito influente
Acúmulo de Experiência: ràpida

Originalidade
Não há nada de original no jogo. Como dito, se encaixa bem na categoria de MMO chineses, e usa personagens da série Soul Calibur.

Pro

Infelizmente não há nada que possamos chamar de positivo no jogo

Contro

Falta de história Mal uso de personagens da série Excesso de P2W Falta de progressão


Diversão
4.0 out of 5
Comunidade
4.0 out of 5
Gráficos
4.0 out of 5
8.7
Fantástico

Review summary

  1. Para aqueles que gostam que seu jogo se jogue sozinho
  2. Muitas recompensas para pouco esforço
  3. Uma série de problemas técnicos e falta de suporte
  4. Muito Pay-to-Play, mas imagino que já soubesse disso
  5. Considerações Finais: Um dos piores jogos do gênero

Pro

Infelizmente não há nada que possamos chamar de positivo no jogo

Contro

Falta de história Mal uso de personagens da série Excesso de P2W Falta de progressão
8.7
Gráficos - 80 / 100
Diversão - 80 / 100
Longevidade - 80 / 100
Originalidade - 80 / 100
Comunidade - 80 / 100

Eu gosto deste jogo, quero
Registar-me e jogar agora